União Consciente das Duas Humanidades: A abrangência do Templo da Boa Vontade

Lucian Fagundes

Ensina Paiva Netto, no segundo volume de Diretrizes Espirituais da Religião de Deus, do Cristo e do Espírito Santo, páginas 282 e 283): “A lição que o Templo da Boa Vontade ensina é, se já existe (como realmente existe) ligação compulsória da Humanidade de Cima com a de baixo, infelizmente de forma inconsciente e perniciosa, com resultados desastrosos, e se é inevitável essa influência, que ela seja para o Bem porque o contato que se estabelece geralmente é com criaturas espirituais maléficas, ignorantes. Trabalhemos – Plenamente conscientes – para essa realização”.

E em Somos Todos Profetas (pág.127), esclarece: “Trata-se do diálogo e da ação conjunta das duas Humanidades a serviço de Deus, como preconizou Alziro Zarur: O segredo para o governo dos povos, nesta transição apocalíptica, é a integração da Humanidade de baixo com a Humanidade de Cima”.