Em 1983, Paiva Netto realizava a Proclamação de Jesus Vivo

Da Redação
|
26/03/2018 às 20h15 - segunda-feira

Salvador, BA — Em 1983, no dia 1º de abril, portanto, há 35 anos, o presidente-pregador da Religião de Deus, do Cristo e do Espírito Santo, José de Paiva Netto, realizava na capital baiana a magnífica Proclamação de Jesus Vivo, na Casa D'Itália, marcando de forma indelével a Vitória de Jesus, o Cristo Ecumênico, Divino Estadista, sobre as maldades do mundo.

Arquivo BV

O presidente-pregador da Religião de Deus, do Cristo e do Espírito Santo, José de Paiva Netto, exibe o Livro "Jesus".

Curiosamente, o evento ocorreu em plena Sexta-Feira Santa e, por isso, o jornalista Paiva Netto passou a denominar o 1º de abril como o Dia da Verdade, pois não há nada mais verdadeiro do que a conquista do Divino Mestre sobre os impossíveis, derrotando a maior de todas as mentiras, a morte.

+ Dia da Verdade, pelo triunfo da Vida em toda a parte!

Ao todo, 258 emissoras de rádio e televisão uniram-se para transmitir, em rede, para o Brasil e outros países da América Latina, o histórico evento. No discurso, ao proclamar que “JESUS VIVE!”, o presidente-pregador da Religião do Amor Universal também afirmou:

“(...) Vimos propor neste dia que esta não seja mais a Sexta-Feira dos sofrimentos do Cristo, da Sua Paixão, isto é, do Seu Drama causado pela miséria e pela ingratidão humanas, mas que seja esta, daqui para a frente, a Sexta-feira da Paixão de todos por Jesus — o nosso Libertador, e que vivamos apaixonados pelo Cristo, tenhamos paixão por Ele (...)”.

Carl Bloch

Disse ainda que muito mais importante do que a crucificação é a ressurreição do Mestre:

“Vencendo a morte, Jesus pôde afirmar no Evangelho, segundo João, 16:33: 'Eu venci o mundo'”.

Tal proclamação repercutiu tanto, que essa tese foi ainda publicada em inúmeros jornais, no Brasil e exterior. Outro fato marcante deste 1º de abril é o lançamento, feito por Paiva Netto, do Livro Jesus, em que discorre sobre a Majestade do Cristo, o Mestre da Paz.

+ Conheça a Proclamação da Majestade de Jesus, feita pelo saudoso Irmão Alziro Zarur, proclamador da Religião de Deus, do Cristo e do Espírito Santo.

Divulgação

Jovens Ecumênicos da Boa Vontade de Deus presentes na Proclamação Jesus Vive!

Na mesma data, lançou o disco Negrada — Jesus, o Grande Libertador! A obra alcançou a marca de 100 mil cópias vendidas, numa conquista inédita no gênero musical erudito e ganhou os palcos, com execução no Theatro Municipal do Rio de Janeiro sob a regência do renomado maestro Isaac Karabtchevsky, que àquela altura dirigia a Orquestra Sinfônica Brasileira (OSB).

A mais tradicional Casa da Cultura carioca ficou superlotada para assistir ao 3º Concerto da LBV de Músicas Clássicas, realizado 29 dias depois do lançamento da composição.

 + Você pode ouvir essas e outras músicas vibrantes do compositor Paiva Netto, baixando o aplicativo Boa Vontade Play, pela loja de aplicativos do seu celular. 

Tenha esse Conforto Espiritual em sua vida!

Avalie este conteúdo