Proclamação do Apocalipse de Jesus

Da Redação
|
30/09/2017 às 16h45 - sábado

A Religião de Deus, do Cristo e do Espírito Santo celebra, em 1º de outubro de 2018, o 46º aniversário da Proclamação do Apocalipse de Jesus, realizada pelo saudoso proclamador da Religião do Terceiro Milênio, Alziro Zarur (1914-1979), na cidade de Ribeirão Preto, SP, no ano de 1972. Com esta importante Proclamação, naquele tempo já chamava a atenção para o fato de que, no último livro da Bíblia Sagrada, encontra-se a chave para que os povos possam compreender e formar o Rebanho Único de Jesus, por Ele mesmo profetizado: "Haverá um só rebanho para um só Pastor" (Evangelho segundo João, 10:16).

Arquivo
Proclamação do Apocalipse de Jesus, realizada por Alziro Zarur (1914-1979), na cidade de Ribeirão Preto/SP, em 1º de outubro de 1972.

No livro Jesus, o Profeta Divino, p. 43 e 44, José de Paiva Netto, presidente-pregador da Religião do Amor Universal, faz constar as palavras proferidas pelo Irmão Alziro Zarur durante a Proclamação:

"(...) Não condenamos os que rejeitam a tese das Religiões Irmanadas como roteiro para o Rebanho Único; mas o que julgamos acintoso, no ceticismo de certos pregadores sectários, é que teimam em não discernir onde termina o poder dos homens e onde começa o Poder de Deus. Deveriam ser mais prudentes e mais fraternos, mais humildes e mais lúcidos: se Jesus afrmou que haverá um só Rebanho para um só Pastor, que é Ele mesmo, sabia perfeitamente o que estava dizendo. Saibam como, ou não o saibam, os chefes espirituais, o Rebanho Único é uma realidade. A nenhum cristão, digno deste nome, é lícito pôr em dúvida a palavra do Fundador e Supremo Governante da Terra. A todos os escarnecedores só nos cumpre dizer: Irmãos e Irmãs, o Rebanho Único não foi formado no Evangelho que vocês leram, mas no Apocalipse que vocês não entenderam; pois, na verdade, já está formado no Reino de Deus".

Na mesma obra, esclarece o autor: 

"Com estas palavras, Zarur, grande pregador, conceituou a Visão dos Glorificados. Contudo, não teve tempo de vida material para aprofundar esse tema alentador aos que trabalham por reunir neste orbe o Rebanho Único de  Jesus, o Cristo Ecumênico, o Divino Estadista. Eis a nossa tarefa".

Ainda na Proclamação do Apocalipse, a Religião do Terceiro Milênio afirma a iminência da Volta Triunfal de Jesus, profetizada em Seu Evangelho e no Seu Apocalipse, um retorno vitorioso em que o Cristo concederá a cada um segundo as suas próprias obras.

Tela: Sátyro Marques

Título da obra: A bênção.

O Apocalipse, na Religião de Deus, do Cristo e do Espírito Santo 

Divulgação
O microfone é uma das relíquias conservadas por Paiva Netto, que se encontram em exposição no Memorial Alziro Zarur, no Templo da Boa Vontade, em Brasília/DF.

A pregação da Religião Divina tem início no rádio, no final da década de 1940, com Alziro Zarur apresentando o Apocalipse e o Evangelho de Jesus aos ouvintes, um gesto pioneiro na comunicação brasileira. 

Paiva Netto, grande estudioso das Profecias Finais e continuador da obra de Zarur, tem se dedicado a desenvolver e expandir o conhecimento do significado do Apocalipse do Divino Mestre, acabando com o medo em torno do tema.

Autor de séries radiofônicas e televisivas sobre o Apocalipse, vem desvendando com o povo os "mistérios" da Revelação do Cristo de Deus. Destacamos: O Apocalipse de Jesus, para os Simples de Coração e Apocalipse para o Povo, veiculadas pela Super Rede Boa Vontade de Rádio, além de outras tantas mensagens transmitidas pela Boa Vontade TV

A partir de estudos e análises aprofundadas, na famosa série radiofônica O Apocalipse de Jesus para os Simples de Coração (que foi veiculada de outubro de 1990 a fevereiro de 1992 — ao todo, são mais de 450 programas na série que continua sendo campeã de audiência), escreveu a coleção de mesmo nome, que já vendeu mais de 3 milhões de exemplares. O mais recente lançamento é o livro Jesus, a Dor e a origem de Sua Autoridade — O Poder do Cristo em nós

Devido ao êxito do seu trabalho, que ajuda a compreender a efetiva aplicação das Mensagens Divinas e as transformações em curso no planeta, prossegue publicando diversos artigos a respeito das Profecias do Apocalipse, na revista JESUS ESTÁ CHEGANDO!  e em jornais, revistas e sites no Brasil e no mundo. Com a experiência de décadas na interpretação do Texto Sagrado, em Espírito e Verdade à luz do Novo Mandamento do Cristo Ecumênico, esclarece, em seu livro Somos Todos Profetas, p. 40:

"O Apocalipse — o maior tratado sociológico de todos os tempos — visa, acima de tudo, reeducar o Ser Humano e seu Espírito eterno para o Fim de Ciclo em que vivemos e início do novo que aí vem" .

Assim, para a Religião do Amor Universal, o entendimento do Livro das Profecias Finais — cujo nome, Apocalipse, de origem grega, significa “revelação” — é um verdadeiro tratado ético e educativo das Leis Eternas e Universais, capaz de ecumenicamente inspirar a construção de um mundo melhor para todos.

Estude mais sobre o Apocalipse

Para adquirir a coleção O Apocalipse de Jesus para os Simples de Coração, formada pelos livros: Somos Todos Profetas; As Profecias sem Mistério; Apocalipse sem MedoJesus, o Profeta Divino e Jesus, a Dor e a origem de Sua Autoridade acesse Clube Cultura de Paz ou ligue 0300 10 07 940 (custo de uma ligação local mais impostos).

Convite Especial

Leila Marco

Paiva Netto apresenta informalmente a sua pregação de "O Apocalipse de Jesus para os Simples de Coração", na antiga cantina da Boa Vontade, do Instituto de Educação José de Paiva Netto, em São Paulo, SP, que teve início em 27/10/1990.

Também convidamos você a acompanhar diariamente, na Super Rede Boa Vontade de Rádioa série O Apocalipse de Jesus para os Simples de Coração. Ela é veiculada nos seguintes horários:  às 18 horas, durante o Programa Paiva Netto, às 21h, à 0h, às 5h e às 11h.

Não perca essas aulas do Apocalipse de Jesus que o presidente-pregador da Religião do Terceiro Milênio realiza sempre com muita profundidade e de maneira acessível, esclarecendo de forma ecumênica o que trata o último Livro da Bíblia Sagrada. Nas conversas, nascidas de improviso junto à alma receptiva do povo, fala da Esperança que as profecias de Deus nos inspiram quanto ao futuro da humanidade, e também apresenta os importantes alertas que o Livro da Revelação retrata, consequência das ações dos prórpios seres humanos. Acompanhe! =)

Avalie este conteúdo