Como curar as dores na Alma?

Carolina dos Reis Salomão
|
23/03/2021 às 09h25 - terça-feira

A vida humana tem seus desafios e lutas. Muitas vezes nos deparamos com situações que nos afligem tanto que até nos causam dor. E nem sempre ela é física, mas uma dor na Alma. 

Mas, afinal, o que é Dor? 

A  Associação Internacional para o Estudo da Dor a define como “uma experiência sensitiva e emocional desagradável (...)”, ela é pessoal e "influenciada, em graus variáveis, por fatores biológicos, psicológicos e sociais”. Ainda reforça que “o relato de uma pessoa sobre uma experiência de dor deve ser respeitado”.

Portanto, por mais que as pessoas passem por situações semelhantes, a experiência de vida de cada um é que mudará a maneira de sentirmos e lidarmos com o sofrimento. E cabe a nós não julgar, pois independentemente de idade, crença, gênero ou classe social, todos enfrentam algum desafio. 

Seja uma dor no corpo ou na Alma, lembre-se sempre de pedir ajuda, buscar o diagnóstico de um profissional da saúde e seguir o tratamento médico se necessário.

A medicina humana também foi criada por Deus e pode auxiliar, e muito, no entendimento, na prevenção e na cura das dores na Alma. É fundamental aliá-la aos cuidados espirituais que traremos ao longo deste texto.

Shutterstock

O que pode causar as dores da Alma?

Para melhor explicar sobre o conceito e suas causas, ouça o áudio a seguir da psicóloga, especialista em Arteterapia e Psicologia Analítica, Laira Batisteti, em entrevista ao portal da Religião de Deus, do Cristo e do Espírito Santo:

A especialista esclarece também sobre como vencer esse sofrimento e a diferença entre tristeza e as dores da Alma:  

Vale nossa atenção redobrada quanto a intensidade e aos casos em que essas dores da Alma ou tristeza, citadas pela psicóloga, perdurarem por muito tempo, pois podem evoluir para uma depressão ou outros transtornos mentais. O diagnóstico e o acompanhamento médico serão primordiais nessas situações.  

Outro aspecto importante é o aumento e o agravamento dessas dores emocionais em relação à pandemia do novo coronavírus e o distanciamento social.

A sensação de solidão, estresse e exaustão têm crescido nesse período, principalmente, com os corajosos profissionais da saúde que se colocam em risco, muitas vezes trabalhando longe das pessoas que amam para cuidar de quem mais precisa.

Clique e leia depois, essas matérias podem ajudar você:
Sintomas de depressão: como a religiosidade ajuda a identificar?
+ Como controlar a ansiedade e alcançar a tranquilidade de Alma?
+ Como lidar com o luto na pandemia do Coronavírus?

Sobre os desafios que a vida nos apresenta, compreendamos que nenhum deles é em vão e que a dor é uma grande professora. Ao indicar que algo não vai bem, o sofrimento nos faz mudar de atitude, buscar novos caminhos, aprender e crescer diante das adversidades.

Ensina o presidente-pregador desta Casa Bendita, José de Paiva Netto, em seu blog:

“A dor deve ser corajosamente encarada. Se dela tentarmos fugir pelo atalho do faz de conta, perderemos o caráter sublime de seus ensinamentos”.

+ Por que Deus permite o sofrimento?
Coronavírus e as Profecias do Apocalipse de Jesus 

Na superação das dores na Alma

Sabemos que elas são reais, intensas, sufocantes e causam desconforto físico e psicológico. Causam uma sensação muito forte de desesperança e às vezes a falsa impressão de que não há a quem recorrer. Parece que todas as portas estão fechadas e nada se resolve.

Mas isso não é verdade! É nesses momentos que devemos elevar os nossos olhos ao céu e numa conversa íntima e sincera com o Criador expormos tudo aquilo que nos machuca, porque é pela prece que encontraremos o alento e as forças para vencer nossas dores mais secretas.

Jesus, em Seu Santo Evangelho, segundo Mateus, 11:28 a 30, nos ensina: 

“Vinde a mim, todos vós que estais cansados e oprimidos, e Eu vos aliviarei. Tomai sobre vós o meu jugo e aprendei de mim, porque sou pacífico e humilde de coração; e achareis descanso para a vossa Alma. Porque o meu jugo é suave, e o meu fardo é leve”.

Tela: Carl Bloch (1834-1890)

Detalhe da obra intitulada: O Consolador.

Embora as tarefas do dia a dia sejam muitas e não nos sobre tempo o bastante para fazer tudo que desejamos, existem diversas formas de orar, e você pode encontrar aquela que melhor se adequa à sua rotina diária. O importante é a sinceridade colocada em suas palavras e pensamentos. 

Ler uma passagem bíblica do Evangelho-Apocalipse de Jesus, ouvir uma música elevada ou até mesmo escrever o que se passa em seu coração são formas de se conectar com Deus e ter um diálogo sincero com o Pai Celestial. 

Confira aqui sugestões de passagens bíblicas para ler e fazer seu momento de Oração:

— Tesouros no Céu (Evangelho, segundo Mateus, 6:19-24);
— Jesus, o pão da Vida (Evangelho, segundo João, 6:25-59);
— Os discípulos, o sal da terra [e] Os discípulos, a luz do mundo (Evangelho, segundo Mateus, 5:13-16). 

O Cristo está sempre pronto para atender ao nosso chamado. É o que nos fala essa bela Música Legionária que acompanharemos:

 

Assim como a oração, de igual forma, mantenha bons pensamentos, conversas edificantes e hábitos saudáveis para o corpo e para a Alma.

Além de um poderosíssimo recurso que é a prática do Bem, o amparo àqueles que precisam de um alimento, um casaco, uma palavra amiga ou um aprendizado que o ajudará nas tarefas do dia a dia.

Diante de tantas obrigações que temos atualmente, muitas vezes, ficamos angustiados em como ajudar nosso semelhante, quando o tempo insiste em escorrer de nossos dedos.

No entanto, não precisamos de longas horas para fazermos o Bem, basta nos dedicarmos ao outro com atençãozelo respeito. Ouvir o que nosso semelhante tem a dizer é doar nosso tempo, é ser amigo. É ajudar em um momento de dor.

Mas você também pode questionar: “como vou ajudar o próximo se não sei como curar a dor que sinto?”.  O Irmão Paiva Netto, em seu livro A Esperança não morre nunca, nas páginas 68 e 69, subtítulo “Reagir à própria dor”, nos diz:

“(...) Na minha longa vida dedicada às causas espirituais e sociais da Religião do Terceiro Milênio e da Legião da Boa Vontade, tenho sido testemunha de exemplos inigualáveis vindos de pessoas que, em decorrência de lastimoso estado de saúde, poderiam considerar-se desobrigadas de socorrer, com uma palavra que fosse, outras criaturas também necessitadas de atenção. E muitas — surpreendentemente amparadas por quem de nada mais se poderia esperar (no dizer humano), por padecer males tormentosos — se viram na condição de reagir ao próprio infortúnio, tantas vezes descobrindo, após o auxílio inesperado, razões para enfrentar seus dramas com decisão, que pensaram ter há muito perdido.

Costumo fraternalmente recomendar: quem quiser diminuir sua dor ajude os que sofrem.”

Eis aí a chave para começarmos a nossa jornada em busca de Paz interior e da cura e prevenção para qualquer dor na Alma: o amparo ao nosso semelhante.

Freepik

Mesmo com o distanciamento social, em que é preciso que cada um fique em sua casa para evitar a Covid-19, podemos ajudar quem precisa por meios virtuais, fazendo uma ligação, uma chamada de vídeo, conversando com um vizinho pela sacada do prédio... Enfim, são muitas as maneiras de estender a mão e oferecer auxílio. 

O simples fato de ouvir as dores do outro nos faz compreender que nossa luta não é impossível de ser vencida, que há solução, pois Jesus está nos dando as ferramentas necessárias.

E com o coração fortalecido estaremos prontos para buscar ajuda especializada e lidarmos com as dores na Alma. 

Quando o corpo fica doente, procuramos um médico para nos examinar e passar o tratamento adequado. Da mesma forma devemos agir para lidar com os desafios do nosso interior, recorrendo a especialistas, psicólogos e psiquiatras que saberão nos ajudar a enfrentar essa tormenta.

Opções no Bem!

A Religião de Deus, do Cristo e do Espírito Santo tem diversas atividades que podemos participar para compartilhar nossas experiências, aprender sobre as Leis Divinas e encontrar conforto e esclarecimento espiritual diante de nossas dores. Convidamos você a conhecer algumas delas:

— Oração no lar com estudos ecumênicos do Evangelho-Apocalipse de Jesus via internet;

— Cruzada do Novo Mandamento de Jesus — Reunião da Comunhão com Deus, aos sábados, às 16h45, pelo nosso canal no YouTube;

— Aplicativo Boa Vontade Play, baixe agora mesmo em seu celular, gratuitamente.

Além de outros espaços de aprendizado e de grande elevação espiritual, que foram adaptados nesse período de pandemia, mas que seguem em plena atividade.

No botão abaixo, você conversa com os nossos pregadores ecumênicos para obter mais informações sobre as atividades:

E se desejar conversar com alguém, pedir ajuda para lidar com as tormentas da vida, entre em contato com a Religião do Amor Universal, clicando nesse mesmo botão. Nossa equipe estará de prontidão para atender você. 

Acesse mais conteúdos para confortar o seu coração:

+ Deus, me ajude!
+ Oração da Serenidade: quais ensinamentos ela traz?

Agradecemos por acessar e ler este conteúdo até o final. Que Deus ilumine sempre a sua trajetória e que todas as dores sejam vencidas, com as bênçãos Dele! 

Avalie este conteúdo