Sintomas de depressão: como a religiosidade ajuda a identificar?

Gabriela Marinho
|
09/10/2020 às 17h05 - sexta-feira

Pra você que quer ajudar alguém que esteja sofrendo desse mal, compreenda neste post os sintomas da depressão e como a religiosidade ajuda a identificar e a fortalecer a Alma para a busca de soluções e do tratamento médico adequado e necessário nesses casos.

Apesar do tema estar cada vez mais presente nas conversas familiares e profissionais, há ainda muito preconceito e julgamento a seu respeito. Quando não tratada de forma correta, a depressão pode levar ao suicídio.

Outro assunto que também abordaremos aqui, sob o ponto de vista espiritual, trazendo importantes recomendações de como ajudar quem pensa em suicídio a não desistir da vida.

Antes, conheça alguns dados sobre a dimensão dessa doença, publicados pela Organização Pan-Americana da Saúde (OPAS): "depressão é um transtorno mental frequente. Em todo o mundo, estima-se que mais de 300 milhões de pessoas, de todas as idades, sofram com esse transtorno”.

Ela é a “principal causa de incapacidade em todo o mundo e contribui de forma importante para a carga global de doenças. (...) Existem vários tratamentos medicamentosos e psicológicos eficazes para depressão”.

Os sintomas de depressão e o preconceito sobre o tema

Shutterstock

Alguns confundem depressão com um atestado de incompetência, fracasso, falta de fé... O que pode vir de fora ou de dentro, o próprio indivíduo cultiva pensamentos errados sobre si mesmo, por exemplo: “como eu posso estar sofrendo disso se sou religioso; se tenho conhecimento espiritual; ou se sempre cuidei da minha saúde?”.

Há casos em que a família encara a doença como um fracasso na criação dos filhos, no convívio entre o casal. O que não é verdade! Ficar se julgando ou se culpando é perigosíssimo e pode ser uma grande cilada! É preciso acolher, amparar e ajudar o quanto antes essa pessoa.

Sobre o diagnóstico de depressão e outros transtornos mentais, esclarece o presidente-pregador da Religião de Deus, do Cristo e do Espírito Santo, José de Paiva Netto, em seu artigo Espiritualidade e medicina aliadas no tratamento de transtornos mentais:  

“(...) não se deve ter vergonha ou medo de diagnósticos dessa natureza. Pelo contrário. É preciso encará-los com serenidade e Fé Realizante, a fim de enfrentar e superar qualquer aspecto clínico adverso, contando sempre com o indispensável amparo de Deus, do Cristo e do Espírito Santo. Costumo afirmar que o organismo humano é a mais extraordinária máquina do mundo. Mesmo assim, falha. Contudo, com Amor Fraterno até os remédios passam a ter melhor resultado. (...)”.  

Tela: Carl Bloch (1834-1890)

Detalhe da obra intitulada: O Consolador.

Identificando os sintomas

Portanto, fiquemos sempre atentos aos sintomas de depressão (típicos e atípicos), como explica a psicóloga Marilene Kedhi:

 

+ O vídeo acima é um trecho da live “Como vencer a depressão?” – confira na íntegra essa conversa que apresentou importantes aspectos materiais e espirituais no tratamento e prevenção à doença

LEIA TAMBÉM:

+ Como ajudar alguém com ansiedade durante o isolamento social?

Como a fé ajuda no tratamento dos transtornos mentais 

+ Evite o estresse! Saiba como melhorar a qualidade de vida no trabalho

A religiosidade no enfretamento da depressão

Viver a religiosidade a partir dos ideais ecumênicos de Amor e de cuidado com o próximo, ensinados por Jesus, significa buscar constantemente a nossa renovação íntima, agir com Fraternidade, Justiça e Valorização a Vida, sem distinção de crenças ou descrenças. Além da certeza no amparo Celeste a cada um de nós.

Dessa forma, teremos valiosas ferramentas para identificar e ajudar alguém que apresente os sintomas de depressão. Quem trata sobre o assunto é o pregador ecumênico desta Casa Bendita José Henrique Brasílio, direto do Templo da Boa Vontade, a Sede Espiritual da Religião do Terceiro Milênio, localizada em Brasília, DF:

 

Como ajudar quem pensa em suicídio a não desistir da vida?

Nos casos extremos em que a depressão leva a ideação suicida, como fazer para que essa pessoa NÃO desista da vida? Ainda mais em tempos de pandemia e a quarta onda da COVID-19, de que forma demonstrar o nosso apoio?

Se aprofunde no assunto com o vídeo a seguir. Colocaremos a minutagem para que você identifique melhor os temas abordados:

 

00:00:00 – Comece com o belíssimo soneto “Amigos”, de Paiva Netto, trazendo a força do Cristo de Deus e do Mundo Espiritual Superior no auxílio a humanidade. 

00:10:50 – Confira alguns dados alarmantes sobre o suicídio no mundo e reflita conosco “o que tem levado tantas pessoas em nossa sociedade a pensarem no ato?”.

00:15:09 – Aprenda a lidar com a dor e a perceber os apelos que não são ditos por aqueles que sofrem. Abra na passagem bíblica “Jesus no Getsêmani”, constante de Seu Santo Evangelho, segundo Mateus, 26:36-46; e segundo Lucas, 22:39-46.

00:32:00 – Pela Vida - ouça a Música Legionária “Sozinho não estou”.

00:42:33 – Veja pontos essenciais nos cuidados do espírito, o papel da família e o apoio médico terapêutico para ajudar quem tem ideação suicída.

00:48:50 – Psicóloga Agda Mattoso fala dos desafios da saúde mental e comenta sobre a quarta onda da COVID-19.  

01:02:05 – No depoimento da jovem Rapahela Lavareda, de São Paulo, SP, compreenda a importância da rede de apoio, inclusive, neste período de pandemia.

01:10:08 – Preparação para o momento ecumênico de Preces, rogue conosco por todos aqueles que enfrentam esse desafio com a Prece do Pai-Nosso, a oração ecumênica de Jesus.

Chat Pela Vida, contra o suicídio

CONFIE EM JESUS e busque Nele as respostas e a força para ajudar aqueles a quem você ama! Ensinou o Médico Celeste:

“onde houver dois ou mais, reunidos em meu nome, aí estarei no meio deles” (Evangelho, segundo Mateus, 18:20).

Como destacado no último vídeo, você pode CONVERSAR CONOSCO sobre as consequências espirituais do suicídio, em nosso chat no Facebook. É seguro, gratuito e sigiloso.

Além de poder indicar esse serviço para alguém que precise: 

 

 

LEIA TAMBÉM OUTROS CONTEÚDOS DE ESCLARECIMENTO E CONFORTO ESPIRITUAL:

+ Como ajudar alguém com ansiedade durante o isolamento social?

Como a fé ajuda no tratamento dos transtornos mentais 

+ Evite o estresse! Saiba como melhorar a qualidade de vida no trabalho

Qual a diferença e os sintomas de depressão e tristeza?

Avalie este conteúdo