Como lidar com a saudade de quem se foi?

A convicção da vida eterna é motivo de força e coragem para suplantarmos esses momentos de dor e sofrimento.

Da Redação
|
09/06/2022 às 14h00 - quinta-feira

A morte de alguém que amamos e a saudade de quem se foi podem causar um sentimento muito doloroso a todos os familiares e amigos. 

É natural sentir a ausência da pessoa querida. Mas como superar a dor dessa separação? Como lidar com a saudade eterna de um pai, uma mãe, um filho, enfim, de alguém muito estimado por nós? 

É possível encontrar forças para continuar a própria caminhada, afinal, a morte não decretou o fim de tudo! 

Sim, você leu corretamente. E para esclarecer esse ponto, vamos recorrer às palavras fraternas do Presidente-Pregador da Religião de Deus, do Cristo e do Espírito Santo, José de Paiva Netto: 

"Aqueles que amamos não morrem jamais, mesmo já se encontrando no Mundo Espiritual. Muitos permanecem ao nosso lado, ajudando-nos; outros podem estar precisando de nossas preces. Oremos por eles, para que quando chegue a nossa vez alguém ore por nós, e agradeçamos a DEUS por ser DEUS de vivos".  

Trecho extraído do primeiro volume do livro Sagradas Diretrizes Espirituais da Religião de Deus, do Cristo e do Espírito Santo, no capítulo "Não há morte em nenhum ponto do Universo". 

Como superar a saudade de quem se foi?  

Sobre o tema, assista o book trailer do livro Os mortos não morrem. Nele, o Presidente-Pregador desta Casa Bendita trata do assunto e traz seu relato pessoal sobre como superar a saudade de quem se foi referindo-se aos seus pais e irmã mais nova:

 

A Religião Divina pode auxiliar você a orar pelos seus entes queridos que estão no Mundo da Verdade. Agende uma Oração no Lar On-line e converse conosco, esse é um atendimento seguro, sigiloso e gratuito:  

"Deus é Deus de vivos, não de mortos"

Afirma a doutrina ecumênica da Religião Divina que "estamos corpo, mas somos Espírito". Esse, portanto, é o primeiro grande conforto para a nossa Alma: saber que o nosso ente querido continua vivo, não deixou de existir após a morte. 

Esse ensinamento inspira-se em Jesus, que assim declarou em Seu Santo Evangelho, segundo Marcos, 12:27: "(...) Deus é Deus de vivos, não de mortos". 

Ele próprio, o Cristo de Deus, expressa também o maior exemplo de Amor e dedicação a todos nós, ao nos esclarecer que a vida continua mesmo após o fenômeno da morte (fim do corpo carnal), porque a vida Espiritual nunca cessa. 

“Deus é Espírito”, asseverou o Divino Amigo à Mulher Samaritana, no poço de Jacó, consoante a Sua Boa Nova, segundo João, 4:24, e todos nós somos Espíritos, pois fomos criados à imagem e semelhança do Pai Celeste (Gênesis Mosaica, 1:26). 

Sem distinção, todos recebemos o dom da Vida Eterna, e mais, ninguém se encontra desamparado, tanto na Terra quanto no Céu. 

É verdade que não mais podemos ver e ouvir diretamente e a todo momento a pessoa querida (pois ela já não vive no corpo carnal), mas ela continuará viva em seu corpo espiritual. 

Desta forma, será possível sentir com o coração; e no momento certo, ter a presença desses entes amados entre nós ou encontrar com eles por meio de sonhos, por exemplo.  

+ Por que sonhamos com familiares que já "morreram"?

E que jamais busquemos o suicídio para ficar mais perto desses entes queridos! Infringir a Lei da Vida, retornando ao Mundo Espiritual antes do tempo certo, determinado por Deus, só distanciará ainda mais o reencontro entre as Almas afins, trazendo grande sofrimento a todos os envolvidos.  

Saber que a vida continua após a morte valoriza, ainda mais, a nossa existência terrena - uma valiosa oportunidade divina para a evolução do Espírito encarnado.  

Superando a Dor

Se nesse momento você está sofrendo com a morte de alguém, convidamos a parar um instante e acompanhar (e fazer junto) o Pai-Nosso, a oração ecumênica que o próprio Jesus nos deixou. Acredite, vai fazer muito bem ao seu coração! 

 

A saudade de quem se foi e a dor de não ter essa pessoa por perto, aos poucos, vão sendo aliviadas, mesmo que não seja fácil. É importante lembrar que cada um tem o seu tempo, ele não é igual para todos, e a convicção da vida eterna sempre será motivo de força e coragem para suplantarmos esses momentos de sofrimento. 

Ao desejarmos seguir em frente, devemos sempre encaminhar ao Espírito Eterno de quem partiu as nossas preces e melhores vibrações, assim, a tristeza e a angústia darão lugar a novos sentimentos.  

E a saudade de quem se foi deixará de simbolizar a dor da perda e passará a trazer as boas memórias que você viveu ao lado dessa pessoa. 

Ela sempre terá um lugar importante na sua vida e jamais será esquecida, mas a sensação será de tranquilidade e de Paz. 

+ Confira uma seleção ecumênica de preces e ore por aqueles que se encontram vivos, no Mundo Espiritual

"VIDA APÓS A MORTE E O ENFRENTAMENTO DO LUTO"

Realizemos nossas preces em favor daqueles que estão desencarnados, irradiando pelo nosso Bom pensamento e pelo nosso coração vibrações e energias de paz que contribuirão e muito para a continuidade da vida desse ente querido. 

Ainda na obra literária Os mortos não morrem, ensina o autor no adendo “VIDA APÓS A MORTE E O ENFRENTAMENTO DO LUTO”: 

“A morte é um fenômeno natural da vida e exige adaptações tanto para aqueles que retornam ao Plano Espiritual quanto para os que permanecem na Terra. A saudade manifesta-se neste lado da existência, bem como no de lá, porque o sentimento de Amor Fraterno mantém as Almas interligadas. O luto é um processo que precisa ser respeitado. É humano. Devemos oferecer compreensão e apoio para que ninguém se sinta sozinho nesse instante. Todavia, sempre cordialmente orientamos que não se cultive vibrações de tristeza, pois isso também alcança o Espírito que está em recuperação, estando ela ou ele muito mais sensível àquilo que lhe transmitem. Daí a necessidade de nos recordarmos com muito carinho daqueles que nos antecederam à Grande Pátria da Verdade, resgatando as memórias felizes, fazendo com que recebam de nós somente o melhor de que dispomos no coração. Certamente, isso nos abastecerá e nos tornará fortes para suplantar quaisquer adversidades no caminho. Ter essa certeza de que as pessoas que tanto amamos prosseguem suas jornadas no Além¹ nos capacita a atravessar esses momentos. 

A fim de que sejam amainadas as dores do coração, estas fortalecedoras palavras de Jesus para vencermos com o Amparo Bendito Dele: 

‘Vinde a mim todos vós que estais cansados e oprimidos, e Eu vos aliviarei. Tomai sobre vós o meu jugo e aprendei de mim, que sou pacífico e humilde de coração, e achareis descanso para as vossas Almas. Porque o meu jugo é suave, e o meu fardo é leve (Evangelho, segundo Mateus, 11:28 a 30)’”. 

Fortaleçamos através da prece nosso Espírito e o daqueles a quem amamos, no Mundo Espiritual.  

Continuemos a nossa marcha terrena na certeza de que o Divino Mestre não nos desampara em nenhum momento da nossa vida, bem como não abandona aqueles que já desencarnaram. Graças a Deus! 

+ Como superar o luto por suicídio?

Receba mais conteúdos elevados! 

E nós convidamos você a realizar uma Oração no Lar On-line com um de nossos pregadores ecumênicos! É totalmente gratuita, segura, sigilosa e adaptada ao seu horário e disponibilidade.  

Clique no botão abaixo para agendar e obter mais informações: 

Ou converse conosco pelo chat do Facebook:   

Que Jesus fortaleça hoje e sempre o seu coração e ajude você a lidar, dando um passo de cada vez, com a saudade de quem se foi.