Laços espirituais entre mãe e filho

Da Redação*
|
08/05/2018 às 12h10 - terça-feira

A maternidade é um exercício de profundo amor e cuidado. Exercê-la, traz muita felicidade, mas também grandes responsabilidades e preocupações ao casal ou ao lar que têm um compromisso com aquele ser. Ainda mais, porque essa ligação não é apenas biológica ou jurídica, nos ensina a Religião de Deus, do Cristo e do Espírito Santo que ela é formada no Mundo Espiritual, antes mesmo de nascermos na Terra.

shutterstock

Nas famílias, por aprovação divina, estão reunidos espíritos que precisam aprender e apoiar-se nos desafios que encontrarão nesta existência. Por isso, a ligação espiritual entre seus membros é tão importante e sagrada. Dessa forma, como uma homenagem a todas as abnegadas mães e afim de ajudar nessa longa e gratificante jornada que é a criação dos filhos e no fortalecimento dos lares, saiba mais sobre o vínculo espiritual materno.

Lembrando que, na Religião Divina, a maternidade possui um significado especial e abrangente, conforme define o seu presidente-pregador, José de Paiva Netto:

“O que mais aproxima a mulher de Deus é o sentido da maternidade. Mesmo quando não seja Mãe carnal, há muitas formas sublimes de ser Mãe, inclusive dar à luz grandes realizações em prol da Humanidade”.

+ Assista a três histórias de superação e veja a força da maternidade. Com certeza, você vai se emocionar! 

O vínculo espiritual da maternidade

Em virtude do Dia das Mães, 13 de maio, compreenda os “Laços espirituais entre mãe e filho”, no quadro “Religião de Deus, do Cristo e do Espírito Santo responde!”. Ele é veiculado semanalmente na Super Rede Boa Vontade de Rádio e esclarece a respeito das questões materiais e Espirituais que fazem parte do cotidiano das pessoas e das famílias.

As perguntas foram encaminhadas pelos ouvintes da emissora e respondidas pela ministra-pregadora da Religião do Terceiro Milênio Paula Suelí. Confira nos podcasts a seguir:  

CRISTINA SILVA, RIO DE JANEIRO, RJ — Sou mãe de três filhos e que hoje já são adultos, criei todos com muito sacrifício e amor. Porém, um deles se envolveu com drogas e gostaria de saber se isso significa que eu falhei no meu compromisso de mãe?

 

+ Matéria sobre drogas e a ajuda da família.

MARIA DAS GRAÇAS GOMES, SALVADOR, BA — Tive três gestações e as perdi por abortos espontâneos, todas ocorreram quando eu estava com três meses de gravidez. Como fica essa questão no Mundo Espiritual, uma vez que esses espíritos já estavam ligados a esses bebês?

 

+  As graves consequências espirituais do aborto provocado
+ Ore pela sua família na Terra e no Céu! Participe da Corrente Ecumênica de Preces da Religião do Terceiro Milênio.

(NÃO SE IDENTIFICOU) — Minha irmã já tinha três filhos e adotou uma menina. Porém, ela era muito revoltada, até que um dia saiu de casa e não manteve mais contato. Queria saber se estava no planejamento espiritual de minha irmã adotá-la.

 

 

+ Filhos do coração: Dúvidas na hora de adotar uma criança

LUIZ CARLOS, BRASÍLIA, DF — Dizem que o amor de mãe é algo extremamente poderoso. Tem gente que fala que elas são mais intuitivas. Como isso se dá pelo prisma espiritual?

 

LINDA ABRAÃO, UBERLÂNDIA, MG — Tenho 63 anos e um filho. Ele saiu de casa muito cedo e agora já está casado, hoje em dia, temos pouco contato. Então, depois que o filho forma outra família, como fica o vínculo com os pais? Eu entendo que ele tem o seu lar e suas reponsabilidades, mas por outro lado, eu sinto falta e fico triste.

 

LUCIANA CASTRO, PORTO ALEGRE, RS — Dizem que os avôs são pais duas vezes. O  compromisso espiritual também é em dobro? Respondemos espiritualmente pelos nossos netos?

 

Confie em Jesus!

Não é fácil a tarefa de ser mãe, contudo, nunca estamos sós. Jesus, o Divino Amigo, não nos desampara! Inclusive, Ele nos deixou uma poderosa ferramenta para guiar as famílias em todas as situações do dia a dia, conforme afirma o escritor Paiva Netto, em seu artigo Guardiãs da infância e dos jovens:

“Todos os pais, avós, parentes, professores, autoridades, enfim, todo cidadão de bem, contam com uma forte ferramenta para proteger as crianças, os jovens ou qualquer um que esteja em situação de risco. Quando Jesus, o Cristo Ecumênico, o Divino Estadista, nos ensinou, no Pai-Nosso, a suplicar a Deus que "nos livrasse do mal", Ele não recomendou que aguardássemos de braços cruzados os fatos. Seu pragmático Evangelho é uma Academia que forma, em primeiro lugar, guardiães da ordem civilizada.

O grau de nossa responsabilidade deve estar à altura dos que dependem diretamente de nossas atitudes de amparo”.

+ Fundamentadas em Jesus, veja até aonde vai o amor de uma mãe por um filho. São três belíssimas histórias para marcar o Dia das Mães.

Shutterstock

Venha ser feliz na Religião Divina!

Aprenda com Jesus, a vencer todos os seus desafios! Aprofunde-se no estudo de Seu Evangelho-Apocalipse, enviando suas dúvidas e comentários sobre esse e outros temas ao quadro “Religião de Deus, do Cristo e do Espírito Santo responde!”. Ele é um espaço democrático e ecumênico aberto a todos.

E dirija-se a Igreja Ecumênica da Religião de Deus, do Cristo e do Espírito Santo mais perto de você! Lá, você será muito bem recebido e encontrará as respostas que precisa, a partir dos ensinamentos do Cristo de Deus. Confira o endereço mais perto de sua casa ou ligue: 0300 10 07 940 (custo de ligação local mais impostos).

 

-----------------------
*Com a contribuição de Bárbara Bigas

Avalie este conteúdo