Em 3 de maio de 1978, um importante marco pela expansão dos Ideais de Fraternidade Ecumênica

Da Redação
|
02/05/2014 às 14h15 - sexta-feira

Era 3 de maio de 1978 (portanto, há 39 anos) e a história se encarregaria de marcar aquela quarta-feira como um importante passo pela reafirmação do valioso compromisso de Boa Vontade em expandir a Mensagem Ecumênica e de Paz do Evangelho-Apocalipse de Jesus a toda a Humanidade. O fato se concretizou a partir de uma carta escrita por Paiva Netto, naquela época, ao saudoso proclamador da Religião de Deus, do Cristo e do Espírito Santo, Alziro Zarur (1914-1979)*, de quem foi assessor imediato por quase um quarto de século.

Na correspondência, ele se comprometia a reunir e a publicar as Proclamações da Verdade Divina realizadas pelo fundador da LBV, não deixando perder um til sequer dessas importantes revelações. Em certa oportunidade¹, o Irmão Paiva assim descreveu o acontecimento: “Em 1978, prometi ao criador da Legião da Boa Vontade reunir, numa publicação, todas as suas Proclamações da Verdade Divina, resultado de seu trabalho hercúleo de mais de cinquenta anos de pregação do Novo Mandamento do Cristo.”​

 

Arquivo

Documento datado de 03 de maio de 1978 representando a fidelidade do Irmão Paiva, que se comprometeu em manter vivas as palavras do Saudoso Proclamador da Religião do Terceiro Milênio Alziro Zarur (1914-1979).

Diante desse ato que simbolizou o real significado da amizade firmada nos Ideais Divinos, o Irmão Zarur respondeu a ele em um documento datado de 3 de maio de 1978: “Paiva, Só um grande amigo poderia realizar um trabalho desta envergadura. Gratíssimo”, selando aquele 3 de maio como uma histórica data na Religião do Terceiro Milênio. 

Imediatamente, dali em diante, esse compromisso transformou-se em atitude prática e realizadora no Bem. Após o desenlace do proclamador da Religião Divina (em 21 de outubro de 1979), Paiva Netto sucedeu-o, com honra e méritos, justamente por conservar profunda identidade com o pensamento dele e fiel atitude na expansão da Fraternidade Ecumênica. 

São inúmeras as evidências que demonstram esse compromisso sendo honrado. Autor de vários best-sellers, com mais de 7 milhões de livros vendidos, tendo publicações traduzidas para mais de 25 idiomas (além de vários textos em braile), Paiva Netto se dedica intensamente, há mais de 58 anos, a propagar ao mundo a Mensagem Fraterna e Ecumênica do Evangelho-Apocalipse de Jesus, em Espírito e Verdade à luz do Novo Mandamento do Mestre Amado “Amai-vos como Eu vos amei. Somente assim podereis ser reconhecidos como meus discípulos, se tiverdes o mesmo Amor uns pelos outros” (Evangelho segundo João, 13:34 e 35). Esse compromisso é reafirmado não apenas nas publicações impressas, mas também em suas pregações ecumênicas no rádio, televisão, publicações e internet.

VENHA ORAR CONOSCO!

O esclarecimento e conforto espiritual da Doutrina Ecumênica da Religião Divina contribuem para que você e sua família alcancem a felicidade plena, sob as bênçãos do Pai Celestial. Participe das Cruzadas do Novo Mandamento de Jesus e esteja conosco no Templo da Boa Vontade, em Brasília, DF, e nas Igrejas Ecumênicas da Religião de Deus, do Cristo e do Espírito Santo. Para mais informações ligue: 0300 10 07 940 (custo de uma ligação local + impostos).

_________________
* Alziro Zarur é fundador da Legião da Boa Vontade (LBV).

¹ Essa declaração encontra-se registrada nas páginas de 26 a 29, do livro Paiva Netto e a Proclamação do Novo Mandamento de Jesus — A saga heróica de Alziro Zarur (1914-1979) na Terra, primeira publicação da Academia Jesus, o Cristo Ecumênico, o Divino Estadista.

Avalie este conteúdo