5 presentes de Natal criativos e inesquecíveis (o último é muito especial)

Da Redação
|
06/12/2019 às 16h35 - sexta-feira

Antes de aproveitar a nossa lista de presentes de Natal criativos e inesquecíveis, convidamos você a refletir sobre o real significado do 25 de dezembro.

O nascimento de Jesus traz profundos ensinamentos para as lutas diárias de cada um de nós. Nele, há um grande e atual recado sobre a importância de agirmos com Amor, Respeito, Solidariedade, em todos os dias do ano e não apenas em uma época dele.  

É a vivência do Natal Permanente de Jesus, que nos convoca a Religião de Deus, do Cristo e do Espírito Santo. Esclarece o seu presidente-pregador, José de Paiva Netto, no artigo Natal de Jesus e Direitos Humanos:

O Natal não é época de esquecer os problemas, mas, sim, de pedir a Inspiração Divina para resolvê-los. A sua ambiência deve ser a da Fraternidade sem fronteiras, agora mais do que nunca, imprescindível para que, de fato, surja a Cidadania Planetária, que positivamente saiba defender-se da exploração mundial endêmica. Não apenas o corpo adoece; o organismo sociedade, também.

LEIA TAMBÉM:
+ Como celebrar o Natal em família

Agora, que apresentamos brevemente o significado do Natal Permanente Jesus, na Religião Divina, confira nossa lista de presentes de Natal (e descubra por que eles serão inesquecíveis):

1.  Demonstre afeto, gratidão e respeito

Esse é um presente que sempre ficará marcado na Alma de quem receber. Seja quando for presentear alguém ou nas ações mais simples do dia a dia.

Shutterstock

Demonstrar Afeto, gratidão e respeito não é um sinal de fraqueza, muito pelo contrário, é a demonstração da capacidade que temos de Amar e de fazer o Bem para aqueles que estão a nossa volta, sejam de nosso convívio mais próximo ou não.

Isso é estar de acordo com o Verdadeiro Homenageado da data: Jesus. É Dele este ensinamento precioso: “Tudo quanto, pois, quereis que os homens vos façam, assim fazei-o vós também a eles; porque esta é a Lei e os Profetas” (Santo Evangelho, consoante Mateus, 7:12).

2.  Dê Bons Exemplos

Infelizmente, nas festas natalinas, vemos alguns comportamentos que são nocivos para as famílias, como o consumismo exagerado, o uso do álcool e de outros tipos de drogas, além das atitudes aparentemente “inofensivas”, mas que trazem prejuízos às relações.

Não somos perfeitos, todos erramos. Mas existem certos comportamentos (como os listados acima) que podem e devem ser evitados para que o convívio familiar não seja prejudicado.

shutterstock.com

E essa reflexão e mudança de postura deve começar, antes de tudo, em nós mesmos. Devemos dar o bom exemplo, primeiramente. Isso é promover a verdadeira Paz: assumir nossas falhas, abrir-se para o diálogo fraterno e assim influenciar positivamente os demais.

Que ótimo presente de Natal, não é mesmo? Lição muito importante, como muitas outras, foi o que Jesus nos alertou em Sua Boa Nova, segundo Mateus, 16:27: “a cada um será dado de acordo com as suas próprias obras”.

3. Exercite o perdão

Muitas pessoas aproveitam o espírito do Natal para resolver desavenças ou mal entendidos com parentes, amigos e vizinhos. Essa é uma prática que deve ser incentivada e, inclusive, mantida ao longo do ano também.

Sabemos que essa não é uma tarefa fácil. Contudo, por que não pedir, em Oração, a Força Divina para vencer o sentimento de mágoa, culpa, raiva, rancor?

Se houver dificuldade em lidar com os próprios sentimentos, busque ajuda médica, psicológica, se achar necessário. Deus criou a medicina e quer que todos os Seus filhos sejam plenamente felizes. Quanto mais nos esforçarmos, mais estaremos preparados para perdoar alguém ou a nós mesmos.  

Ouça Música Legionária, interpretada pelo Coral Infantojuvenil Boa Vontade, e que traz belíssima mensagem sobre o perdão. Ela é inspirada no Santo Evangelho de Jesus, segundo Lucas, 7:36 a 50.

4. Ouça mais

Essa sugestão nos leva a refletir sobre as nossas palavras. Será que estamos falando e fazendo aquilo que é benéfico e oportuno para o outro e as relações como um todo, ou apenas alimentando egoísmos e medos próprios?

O presidente-pregador da Religião Divina afirma: 

"O coração torna-se mais propenso a ouvir quando o Amor é o fundamento do diálogo".

Lembremos de colocar o Amor Fraterno, tanto para falar quanto para escutar. O exercício de ouvir é transformador, tanto para quem ouve como para quem precisa ser ouvido. O que não significa dizer “sim” para tudo, mas se dedicar a ouvir mais, ter mais empatia pelos desafios e prioridades daqueles que estão ao nosso redor.

Shutterstock

Lembre-se deste ensinamento do Sábio dos Milênios, Jesus: "Seja, porém, o vosso falar: Sim, quando é sim; Não, quando é não; o que passar disto procede do maligno (Evangelho, segundo Mateus, 5: 37). 

5. Ajude a salvar vidas

Essa última dica é realmente muito especial! Temos falado de presentes de Natal que podem mudar para sempre a sua vida. Que tal, então, ajudar a fazer o mesmo, de forma crucial, na vida de alguém?

Shutterstock

Assim como há muita alegria e confraternização nas festas de fim de ano, não podemos nos esquecer que são justamente nessas datas que os índices de suicídio aumentam ainda mais.

Muitas pessoas que se sentem sozinhas ou frustradas por não terem alcançado seus objetivos no ano (e que já estão desestabilizadas emocionalmente) acabam por potencializar em si a ideação suicida.

É por isso que nós convidamos você a apoiar financeiramente um trabalho que, desde 2018, já impediu mais de 2 mil pessoas de cometerem o suicídio. Ele é um atendimento oferecido pela internet, em que as pessoas são acolhidas, confortadas e esclarecidas espiritualmente. Inclusive, em momentos de grande desespero.

QUERO CONHECER O ATENDIMENTO ON-LINE “PELA VIDA, CONTRA O SUICÍDIO!”

Conheça o trabalho e apoie essa causa divina que também exalta o Natal de Jesus!

VEJA TAMBÉM:
+ 11 Músicas de Natal que farão você sentir Paz
+ Mensagem de Natal do Mundo Espiritual Superior

Gostou das dicas? Compartilhe esta matéria com a família e os amigos. E viva o Natal Permanente de Jesus, todos os dias do ano! =) 

Avalie este conteúdo