Orações

Adoração ao Shari

Tradução do prof. dr. Ricardo Mário Gonçalves*,
Monge budista e professor de História das Religiões da USP.


Nós nos prostramos com toda a humildade
ante o Sagrado Shari, representando o
corpo de Sáquia-Múni, o Tathagata, que é
perfeitamente dotado com todas as
virtudes que tem o Corpo de Darma como
matriz de Seu ser e o mundo do Darma
como uma torre a Ele dedicada.

Nós a Ele rendemos nosso respeito com
a devida reverência. Manifestando-se em
forma corporal para o nosso bem, o Buda
entra dentro de nós e nos faz entrar dentro
Dele. Sua força, dirigida sobre nós, nos
faz alcançar a Iluminação e, graças ao
miraculoso poder de Buda, todos os seres
são beneficiados, tornam-se desejosos de
alcançarem a Iluminação, disciplinam-se na
vida de Bodisatva, igualmente penetram na
perfeita quietude, onde prevalece a infinita
sabedoria da identidade absoluta. Nós agora
nos prostramos ante Ele.


_____________________
Adoração ao Shari — Relíquia que consiste em cinzas e ossos calcinados, tidos como do próprio Buda.

*Sagradas vestes búdicas — Em 1991, quando completou 50 anos de idade, Paiva Netto recebeu do casal de monges budistas Yvonette e Ricardo Mário Gonçalves, representantes do Templo Budista Higashi Honganji, o koromo e o owan (veste e escudela). No ano seguinte, ofertaram-lhe o kesa (manto). Segundo a tradição, essas vestimentas são concedidas somente àqueles, cuja missão na Terra é considerada sagrada ou que possuem 25 anos de sacerdócio exemplar. A roupa tem diferentes nomes: Gedappuku (Veste de Libertação), que sinaliza que o monge se libertou das paixões mundanas, e Fukuden-e (Veste do Campo da Felicidade), quando o sacerdote planta boas sementes no campo da alegria, colhendo-as depois. Ambas as vestes estão expostas no TBV. Em 2006, os monges fizeram a reposição dessas vestes búdicas, como oportunidade de renovar a homenagem, já que o dirigente da LBV naquele ano celebrava seu Jubileu de Ouro de trabalho na Causa da Boa Vontade de Deus. A terceira veste também se encontra em exposição na Galeria de Homenagens do Templo do Ecumenismo Divino, a Pirâmide dos Espíritos Luminosos, a Pirâmide das Almas Benditas, em Brasília/DF, Brasil, localizado na Quadra 915 Sul.

A oração é um diálogo com Deus. Ninguém alcança a própria salvação sem o auxílio de Deus; mas, se não orar, ninguém merece tal auxílio.

Santo Agostinho(354-430)

Faça o seu pedido. Vamos orar por você!