O que anuncia a Sexta Trombeta do Apocalipse de Jesus?

Prepare sua Bíblia Sagrada para estudarmos com o presidente-pregador da Religião Divina

Da Redação
|
12/09/2017 às 15h30 - terça-feira

Reviva a memorável pregação de José de Paiva Netto, presidente-pregador da Religião de Deus, do Cristo e do Espírito Santo, proferida durante a sessão solene do 42º Fórum Internacional do Jovem Ecumênico da Boa Vontade de Deus, em 1º de julho de 2017. Estudioso dos temas bíblicos há mais de seis décadas, o escritor, radialista e jornalista brasileiro é um dos maiores pregadores da atualidade.

Tela: Sátyro Marques

Detalhe da obra: O sétimo selo - Os anjos com as suas trombetas.

Na ocasião, Paiva Netto fez o estudo dos símbolos e dos alertas trazidos por Jesus em Seu Apocalipse, segundo João, 9: 13 a 21, na passagem “A Sexta Trombeta”. Além de uma comovente prece que encerrou o evento e destacou o papel fundamental da intuição e do nosso pensamento, palavras e ações sempre ligados a Deus para superarmos os desafios e compreendermos os recados Celestes do Último Livro da Bíblia Sagrada. 

"A Intuição Divina é, em cada um de nós, a própria Razão do Criador. Por isso, quando efetivamente a cultivamos, o Senhor do Futuro nos avisa, com antecedência, a respeito dos fatos vindouros, pequenos ou grandes", Paiva Netto. 

Acompanhe agora:

Parte 1:

 
Parte 2:
 
Parte 3:

Campanha da Boa Vontade Mundial, há quase 70 anos no ar, revelando o Evangelho-Apocalipse de Jesus para gerações

Por isso, temos um convite especial para você. Acompanhe diariamente, a partir da próxima terça-feira, 19 de Setembro, na Super Rede Boa Vontade de Rádio a série O Apocalipse de Jesus para os Simples de Coração. Confira os horários:  às 18 horas, durante o Programa Paiva Netto, às 21h, à 0h, às 5h e às 11h.

Não perca essas aulas do Apocalipse de Jesus que o presidente-pregador da Religião do Terceiro Milênio realiza sempre com muita profundidade e de maneira acessível, esclarecendo de forma ecumênica o que trata o último Livro da Bíblia Sagrada. Nas conversas, nascidas de improviso junto à alma receptiva do povo, fala da Esperança que as profecias de Deus nos inspiram quanto ao futuro da humanidade, e também apresenta os importantes alertas que o Livro da Revelação retrata, consequência das ações dos prórpios seres humanos. Acompanhe! =)

Avalie este conteúdo