Relacionamentos afetivos e suas consequências espirituais

Da Redação
|
11/06/2014 às 19h28 - quarta-feira

Com a Doutrina Irrestritamente Ecumênica da Religião do Terceiro Milênio podemos fortalecer nossa Alma para vencer todos os embates que possam aparecer em nossas vidas. Por justamente trazer ao nosso coração os esclarecimentos espirituais essenciais para que saibamos fazer as melhores escolhas e assim alcançarmos a felicidade plena. 

 

Shutterstock

Por isso, trazemos a você as respostas da  Religião de Deus, do Cristo e do Espírito Santo sobre o tema: “Relacionamentos afetivos e suas consequências espirituais". Confira no áudio as explicações do Ministro Pregador da Religião do Amor Universal Jayme Bertolin. Confira!

“Tenho 67 anos e sou aposentado. Durante toda a minha vida trabalhei muito e sempre fui uma pessoa correta. No campo familiar conduzi bem os meus 3 filhos e agora com todo o mundo criado penso em aproveitar mais a vida, namorar, passear. Já estando na terceira idade e tendo cumprido todos os meus deveres, é errado querer viver uma vida mais “livre” no campo amoroso?”

“Sei que é preciso ser responsável no campo da sexualidade, entendo a importância do uso do preservativo, por exemplo, e sempre converso sobre isso com a minha família. Espiritualmente isso é o suficiente?”

“Uma vez ouvi na programação da Super Rede Boa Vontade de Rádio, que criamos uma ligação [espiritual] nos relacionamos afetivos. Eu queria saber se isso acontece mesmo quando esse relacionamento é breve. Por que isso acontece? Existe uma forma de desfazer essa ligação?”

“Sei que há consequências espirituais negativas quando se tem vários relacionamentos passageiros ou relações sexuais sem compromisso. Mas como não agir assim se é difícil encontrar o amor de verdade e se hoje em dia muita gente não quer um compromisso sério?”

“Meu filho é jovem ainda e desde a adolescência tem o mesmo comportamento. Ele se apaixona por alguém, se dedica ao máximo para conquistar essa pessoa e quando consegue, se desinteressa e logo desiste do relacionamento. Parece que nunca está feliz e gosta tanto da conquista que mais de uma vez já briguei com ele porque descobri que estava se envolvendo com mais de uma pessoa ao mesmo tempo. Não sei mais o que dizer para ajudá-lo a perceber que isso faz mal a ele e que é responsável pelo mal que está causando a essas meninas.”

Exibido na Super Rede Boa Vontade de Rádio o quadro "Religião de Deus, do Cristo e do Espírito Santo responde!"  é um espaço democrático e ecumênico onde você pode tirar todas as suas dúvidas a respeito das questões materiais e Espirituais que fazem parte da sua vida! Entre em contato, envie as suas questões: centralderelacionamento@religiaodedeus.org

Avalie este conteúdo