Como se proteger da obsessão? Confira série sobre o tema

Gabriela Marinho
|
24/11/2016 às 17h30 - quinta-feira

Você sabe qual a destinação da Alma após a morte? Como é o processo de interação entre os dois planos? Como nos proteger da influência de energias negativas, conhecidas como “trevas”, e como alcançar a libertação de más companhias espirituais? Para tratar sobre essas temáticas e apresentar importantes esclarecimentos espirituais, a Academia Jesus, o Cristo Ecumênico, o Divino Estadista apresenta a série A lição do “lobo” invisível – a libertação do Espírito das influências do mal. 

A série integra as comemorações dos 10 anos da sequência dos editoriais A Missão dos Setenta e a Lição do Lobo, publicada pelo Irmão Paiva, na Revista Jesus Está Chegando! (nas edições de 87 a 93, em 2006) e que você também pode ler no blog do autor. Na sequência de artigos, o presidente-pregador da Religião de Deus, do Cristo e do Espírito Santo apresenta trechos de palestra proferida por ele na Super Rede Boa Vontade de Rádio, em 31 de dezembro de 2004, acrescida de novas considerações.

Como se proteger do “lobo” invisível, caracterizado por um espírito obsessor?

A série tem 5 capítulos nos quais serão apresentadas explicações sobre os diferentes graus de obsessão e como se defender espiritualmente, além de outros conhecimentos a respeito da eternidade da vida. Para isso, fundamenta-se nos estudos de Paiva Netto, acima referidos; na Bíblia Sagrada, na obra A loucura sob Novo Prisma, do respeitável médico brasileiro dr. Bezerra de Menezes* (1831-1900) e ainda em palavras de médicos e cientistas que se dedicam a investigar o tema.

Sentiu-se ainda mais instigado a esudar o tema? Venha à Igreja Ecumênica mais próxima de você! Você terá a oportunidade de se aprofundar nos estudos bíblicos sempre em Espírito e Verdade, à Luz do Novo Mandamento de Jesus: "Amai-vos como Eu vos amei. Somente assim podereis ser reconhecidos como meus discípulos, se tiverdes o mesmo Amor uns pelos outros". (Evangelho, segundo João, 13:34 e 35).

Acompanhe a Religião do Terceiro Milênio nas redes sociais: no FacebookInstagram.

A importância desses ensinamentos

Em seu artigo A Missão dos Setenta e a Lição do Lobo parte 2, no subtítulo “A lição do pensamento desgovernado”, o Irmão Paiva Netto nos esclarece sobre a necessidade de compreendermos a atuação maléfica desses “lobos”, pois são almas perseguidoras do astral inferior: “O ensinamento do Sublime Estratego Jesus é claro: 'Eis que Eu vos envio como cordeiros', e aquilo que sei — no Evangelho e no Apocalipse — vos transmito para que possais defender-vos dos “lobos”. Isto é, que conheçam as artimanhas do predador, todavia não as absorvam, tingindo de escuridão as suas Almas. Nem caiam em suas insinuações malévolas, porque visam à destruição das ovelhas, levando-as às dores produzidas pelo pensamento desgovernado”.

Por isso, vamos conferir nesta série da Comunicação 100% Jesus, valiosas lições para nos defender espiritualmente. “A lição é, pois, a de permanecermos vigilantes e ativos, em sintonia constante com os nossos dedicados Anjos Guardiães, em oposição ao pensamento desgovernado, para não sermos vítimas dele. Afinal de contas, somos aquilo que pensamos, falamos e realizamos”, ensina também o presidente-pregador da Religião Divina, na terceira parte de sua sequência de artigos.

__________________________________________
Dr. Bezerra de Menezes — Em 6 de janeiro de 1992, José de Paiva Netto, presidente-pregador da Religião de Deus, do Cristo e do Espírito Santo, deu início aos trabalhos práticos do Centro Espiritual Universalista da Religião do Amor Universal, concretizando, assim, a Revolução Mundial dos Espíritos de Luz*, na Quarta Revelação, a Religião do Terceiro Milênio, para promover a união consciente das Duas Humanidades (a da Terra com a do Céu da Terra). Um dos mais ativos colaboradores neste intercâmbio entre os planos Espiritual e material é o generoso dr. Adolfo Bezerra de Menezes (Espírito), coordenador dessa Equipe do Mundo Espiritual, sob o comando de Paiva Netto.

Avalie este conteúdo