Meu Anjo da Guarda pode se afastar de mim?

Da Redação
|
23/08/2017 às 11h30 - quarta-feira

Alguma vez você já se sentiu desamparado? Quando por exemplo alguma situação não ocorreu da forma como gostaria você já se questionou: “Existe uma intervenção divina ou um anjo de luz para me proteger?”. Ou ainda: “Se eu estou passando por desafios será que meu anjo da guarda se afastou ou se esqueceu de mim?”.

Primeiramente, é importante destacar que os Anjos da Guarda, esses Protetores Celestes, não nos desamparam. Eles estão sempre dispostos a nos auxiliar para que vençamos qualquer desafio – seja uma doença, um desentendimento na família, desemprego, entre outros problemas que possam surgir no caminho.

Tela: Jacopo Vignali (1592-1664)

Título da obra: João Evangelista em Patmos.

Os Anjos são Espíritos de Luz, Almas Benditas, que possuem afinidade com seus tutelados e que, portanto, aceitaram a nobre missão de ajudá-los no cumprimento de suas Agendas Espirituais (o propósito espiritual com o qual reencarnamos na Terra). Por isso, Deus concede a cada indivíduo o acompanhamento espiritual de, pelo menos, um Anjo amigo.

Há também Anjos que tem o comprometimento com a Humanidade, conforme encontramos desde os mais antigos relatos bíblicos, nos quais percebemos a divina presença desses amigos protegendo espiritualmente. Um dos exemplos está no Evangelho de Jesus, João, 5:1 a 9. A passagem “A Cura de um Paralítico de Betesda” relata que, a mando do Pai Celestial, “um anjo descia em certo tempo ao tanque, e agitava as águas; e o primeiro que ali chegasse, sarava de qualquer enfermidade que tivesse” (versículo 4).

+ 3 Questões que você precisa saber sobre o seu anjo da Guarda.

Tela: Carl Bloch (1834-1890)

Título da obra: A Cura do Paralítico no Tanque de Betesda.

 

Quem afasta quem?

Por mais que o Anjo da Guarda nunca nos abandone, em algumas situações é o nosso comportamento que dificulta a atuação deles. No livro Conversando com o seu Anjo da Guarda – A Agenda Espiritual, pg. 19, do Dr. Bezerra de Menezes (Coordenador no Mundo Espiritual da Revolução Mundial dos Espíritos de Luz), psicografia de Francisco de Assis Periotto, encontramos uma importante mensagem do Irmão Flexa Dourada (Espírito): "Não nos esqueçamos de rogar o auxílio dos Anjos da Guarda. Não deixemos de o fazer jamais! Quando nos esquecemos desses Protetores Celestes, eles não nos podem ajudar, pois não se faz a sintonia necessária com o Mundo Elevado. Então, tornam-se simples acompanhantes, e isso é muito triste tanto para eles quanto para Vocês. Peçamos sempre o amparo dos Anjos da Guarda, e eles se farão sentir pela intuição, inspiração celeste, em particular ou em público".

Assim, nos aproximamos deles à medida que estabelecemos a nossa ligação com o Mundo Espiritual Superior através do nosso bom pensamento, boa palavra e boa ação – a Sintonia Tríplice com Jesus, conforme esclarece a Religião Divina. E a prece é fundamental nesse processo, inclusive para rogarmos o seu auxílio, pois ela nos acalma e fortalece, ajudando-nos a encontrar o equilíbrio de alma para tomada das melhores decisões. Começando pela prece de manhã, uma conversa sincera com o seu Anjo da Guarda antes de sair de casa, pedindo a intuição para um dia melhor e a força para enfrentar as provas daquele dia.

Mesmo quando sofro, meu Anjo da Guarda está presente?

Sim, ainda mais nesses momentos eles desejam nos ajudar, confortar o nosso coração. Na hora do sofrimento, podemos nos sentir desamparados pela divina providência, mas não estamos jamais. Os Espíritos de Deus estão sempre realizando o trabalho de nos intuir sobre o melhor caminho a ser seguido; em alguns casos provocam situações e encontros com pessoas que nos conduzirão ou ajudarão a resolver aquele desafio; doam energias divinas para que tenhamos mais força e disposição; além de outras situações em que a Espiritualidade Superior nos afasta de perigos que nem imaginamos existir. Contudo, conforme já tratamos, nós é que muitas vezes não conseguimos perceber a atuação desses dedicados amigos.

Outro ponto a ser considerado é que os desafios não são castigos de Deus. Muitas vezes, não podemos nos afastar daquele sofrimento, porque precisamos aprender com ele, e só vamos compreender mais para frente, com o passar do tempo. Portanto, não podemos desistir! Busquemos sempre o amparo e a integração com os nossos Anjos da Guarda.

Gianantonio Guardi

Ensina o presidente-pregador da Religião de Deus, do Cristo e do Espírito Santo, José de Paiva Netto, na REVISTA JESUS ESTÁ CHEGANDO!, ed. 129, p. 99, no subtítulo “A Oração e seus reais efeitos”: “Por que, quando vamos a um templo para orar e pedir forças a Deus, saímos fortalecidos? Se vamos até lá para nos sentirmos melhor é porque essas boas vibrações de saúde espiritual existem de fato e são manipuladas pelos bons Espíritos, ou Anjos Guardiães. Elas se encontram ao nosso dispor, não somente nos templos, por isso temos que saber como captá-las em todos os ambientes, por pior que eles sejam. Na verdade, o Grande Templo é o mundo. Geralmente, procuramos o isolamento para entrar em sintonia com os Espíritos de Deus, mas eles estão em toda parte, a todo momento, mesmo no meio da maior balbúrdia. (...)”.

+ Saiba como entrar no silêncio, através das Lições do CEU

Saibamos entrar na sintonia dos nossos Anjos para conseguirmos nos aproximar cada vez mais deles. É uma tarefa diária. Mas, lembre-se, você não está sozinho!

Quero me aproximar mais do meu anjo da guarda

A Religião de Deus, do Cristo e do Espírito Santo convida você a compreender a realidade do mundo espiritual e o auxílio dos Espíritos de Luz em sua vida. Em todas as suas reuniões públicas essa preocupação é constante, em especial nas Cruzadas do Novo Mandamento de Jesus – Reunião em Homenagem ao Anjo da Guarda. Elas ocorrem todo 2º domingo do mês, às 10 horas, nas Igrejas Ecumênicas da Religião Divina. Confira os endereços.

Traga a sua família para que você e todos aqueles que ama possam fortalecer os laços fraternos com os seus Anjos da Guarda!

 

Avalie este conteúdo