Com apoio da Religião Divina, mãe desiste de se matar

Sarah Jane
|
22/09/2017 às 09h00 - sexta-feira
Shutterstock

“Quando eu pisei os pés naquele solo sagrado da Espiritualidade, eu me senti mais leve, foi inexplicável. Aqueles pensamentos já foram saindo da minha cabeça”, afirma irmã Helena de Abreu.

Em muitos momentos da vida, nos deparamos com desafios que exigem muita força e pode até dar a impressão de que não conseguiremos enfrentá-los. Assim também aconteceu na vida de Helena de Abreu, de Campo Grande, RJ. Ela conta que já estava sem forças para suportar seus problemas e por isso alimentava em seu coração sentimentos de suicídio. Foi quando se deparou com a Igreja Ecumênica da Religião de Deus, do Cristo e do Espírito Santo. “Eu cheguei aqui muito mal, muito desorientada, tanto que eu estava pensando até em me matar. (…) Eu estava tão nervosa, tão abalada. Era desemprego, minha filha estava mergulhada nas drogas. Eu estava tão desacreditada da vida, que eu estava com vontade de cometer suicídio. Pensando em tirar minha própria vida”.

Entretanto, na verdade, ela não desejava desistir da vida, mas sim vencer todos os problemas. Assim, ela pensou consigo mesma e tomou uma decisão que fez toda a diferença:

“Hoje eu vou conhecer essa Igreja, vai ser minha última cartada. Então, me dirigi até lá e quando eu cheguei eu fui muito bem recebida. Quando eu pisei os pés naquele solo sagrado da Espiritualidade, eu me senti mais leve, foi inexplicável. Aqueles pensamentos já foram saindo da minha cabeça, já fui melhorando”.

Ouça esse Testemunho do Poder da Fé Realizante:

 

Ela ressalta a recepção calorosa que recebeu na Igreja Ecumênica. E é assim que você também será recebido na Religião do Amor Universal. Seja qual for a tribulação, o desafio pelo qual esteja passando, saiba que sempre é possível superar, sempre há saída. Ensina o presidente-pregador da Religião de Deus, do Cristo e do Espírito Santo: 

“A Esperança não morre nunca. Por quê?! Porque Jesus é a Esperança! Louvado seja Deus!”. 

shutterstock

Cristã do Novo Mandamento de Jesus, a irmã Helena participa há vários meses das atividades da Religião Divina, inclusive, das Reuniões Públicas, as Cruzadas do Novo Mandamento de Jesus. Por isso, com convicção, afirma: “O que eu passo para as pessoas é que não deixem de ir à Igreja, as pessoas que não conhecem, que passem a conhecer, porque é muito bom, é um fortalecimento muito importante. Suicídio não resolve os problemas de ninguém”.

Confira 5 benefícios da prática religiosa para a sua saúde

AMBIÊNCIA DAS IGREJAS ECUMÊNICAS DA RELIGIÃO DO TERCEIRO MILÊNIO

O que ela sentiu no primeiro contato, continua a ser a grande motivação para dirigir-se a esse Espaço verdadeiramente ecumênico. “Quando se pisa naquele solo, tudo se transforma, você esquece até do mundo aqui fora. Fica aquelas preces bonitas, as orações, a palavra, tudo é muito bonito. Então, eu agradeço a Deus por ter me levado, ter me conduzido, agradeço ao meu Anjo da Guarda por ter me conduzido à Igreja Sagrada, àquele solo abençoado”, afirma com grande emoção.

E completa: “O que mais me fez despertar lá é que a gente tenha sempre confiança em Deus. (…) Os desafios vêm, os desafios sempre acontecem, mas a gente está mais fortalecida. Agora, me senti mais fortalecida”. Os Ambientes Sagrados das Igrejas Ecumênicas da Religião de Deus, do Cristo e do Espírito Santo proporcionam às almas o refúgio, a acolhida e o esclarecimento para enfrentar as lutas de todos os matizes que a vida nos apresenta. 

Sobre o incomensurável apoio espiritual que todos recebem nesses Ambientes Elevados, esclarece o Irmão Bezerra de Menezes (Espírito), Coordenador da Revolução Mundial dos Espíritos de Luz, na Quarta Revelação, a Religião do Terceiro Milênio, comandada pelo Irmão Paiva. 

“Todos os que estão aqui e nos outros ambientes das Igrejas da Religião de Deus, do Cristo e do Espírito Santo estão sendo fluidificados em suas necessidades. São Irmãos perseverantes que merecem auxílio espiritual. Não podemos tirar a prova de ninguém. Isso não podemos, não temos essa capacidade. Mas podemos ajudá-los a levá-la, atenuando, melhorando, deixando-os mais capazes. Mas lembremo-nos de que passada a prova vem a bonança. Sejamos servos humildes em reconhecer que Deus nos dá tudo, tudo!”, esclarece o nobre Espírito.

JESUS ESCOLHEU VOCÊ!

Atenda na Religião de Deus, do Cristo e do Espírito Santo o Divino Chamado do Mestre. Veja o endereço da Igreja Ecumênica mais próxima de você.

Avalie este conteúdo