Contra o aborto: veja o relato de quem resistiu ao desespero e disse sim à Vida!

Clara Periotto
|
10/03/2015 às 18h00 - terça-feira

Resistir ao desespero, quando a dor é grande, pode parecer muito difícil, ou até mesmo impossível, pois, quando vivenciamos o problema é comum pensar que demorará muito tempo até nos sentirmos seguros. Contudo, ao conhecer a história da mãe Conceição Camargo, que se posicionou contra o aborto e defendeu a vida de sua filha, percebemos que o amparo Celeste sempre se faz presente a todos que necessitam.

Aliás, os desafios que surgem na nossa jornada nos mostram também o quanto somos fortes e que a construção da felicidade acontece quando agimos com Fé Realizante e determinação. Foi o que aconteceu com Conceição, ouvinte da Super Rede Boa Vontade de Rádio e com a ajuda da Religião de Deus, do Cristo e do Espírito Santo superou um grande desafio vivido em família.

Ela descobriu que estava grávida, de uma gestação não planejada, aos 43 anos de idade. E quando fez os exames médicos para saber sobre a saúde do bebê, se deparou com uma difícil situação. “Fui à ginecologista, ela viu todos os exames e disse que minha filha tinha hidrocefalia, um problema no coração e má formação no rim. Isso tudo para mim foi um choque, comecei a chorar na sala quando a médica falou. E ela, então, me ‘aconselhou’ a interromper [a gestação]”. Entretanto, o aborto nunca foi uma opção para essa mãe. E com muita garra, Conceição escolheu a Vida!

+ Saiba mais sobre As graves consequências do aborto provocado

 “Para mim, [abortar] é assassinar, porque eu acredito em Deus! No momento que eu soube que eu estava grávida, eu me apaixonei pelo meu bebê e disse [à médica]: ‘Eu vou ter o meu bebê’”, contou, emocionada. Depois desses acontecimentos, não desanimou e fez o pré-natal e todos os procedimentos necessários para o bem-estar da criança. Os desafios não foram poucos, contudo, muito maior foi o amor que toda a família nutria pelo bebê.

Arquivo

O momento tão esperado por todas as mães havia chegado: a hora de dar à luz. E mais uma vez, um desafio a ser superado: “A médica disse: ‘Vamos tirar esse bebê, que está com a cabeça grande [por causa da hidrocefalia], mas saiba que ele pode morrer na hora de cortar o cordão umbilical’”.

Com a convicção de que “Jesus é a certeza imortal de dias melhores”, como nos ensina o presidente-pregador da Religião do Terceiro Milênio, José de Paiva Netto, essa mãe encontrou forças para continuar lutando. “Eu me apeguei a Jesus desde o primeiro dia, orei muito, eu e o pai da criança, nós dois na mesma sintonia, no mesmo amor, em nenhum momento eu pensei em perder minha filha; fiquei sempre em oração. Hoje, a minha filha está em casa, linda. Ela veio para mudar nossas vidas e nós a amamos muito, ela é muito querida e Deus sabia disso, por isso a enviou para nossa família. Eu desejo do fundo do meu coração que minha filha seja feliz, forte, porque ela é uma guerreira. Ela veio para vencer e vai vencer!”

+ Como a Oração pode transformar a sua vida?

Portanto, o exemplo dessa família nos mostra a importância de lutar contra o aborto e a favor da Vida. Aprendemos na Religião do Terceiro Milênio que “Nunca se soube que Jesus jamais deixasse de responder ao apelo de uma Alma sentida”, sendo assim, seja qual for o desafio que enfrentarmos, com a nossa oração sincera e súplica a Jesus recebemos o amparo a fim de agirmos seguindo o exemplo de Amor do Divino Mestre.

VENHA SER FELIZ NA RELIGIÃO DO TERCEIRO MILÊNIO!
+ Compartilhe seu Testemunho do Poder da Fé Realizante com a #soufeliznaReligiãoDivina

Jesus escolheu você! Atenda na Religião de Deus, do Cristo e do Espírito Santo, a esse Divino chamado, participe das Cruzadas do Novo Mandamento de Jesus nas Igrejas Ecumênicas mais perto de sua casa!

Avalie este conteúdo