Livro de Atendimento Espiritual a Distância

Da Redação | 10/11/2014 às 16h12 - segunda-feira | Atualizado em 10/11/2014 às 16h23

No Evangelho de Jesus, segundo Mateus, 8:5 a 13, encontramos a passagem “A cura do servo de um centurião” que registra a realização, por permissão do Cristo, de um atendimento espiritual à distância, promovido por uma equipe de socorristas do Mundo Espiritual¹, emissários a serviço do Médico Celeste, que instantaneamente, sob a Ordem do Libertador Divino, devolveram a saúde e o equilíbrio da Alma ao servo, atendendo à fervorosa súplica do centurião, que reconheceu essa estratégia espiritual magnífica imediatamente, conforme consta da Boa Nova:

 

5- Acabara o Cristo de entrar em Cafarnaum, quando veio ter com Ele um centurião que Lhe suplicava:

6 - Senhor, meu servo está em casa, de cama, paralítico, e sofre muito!

7 - Disse-lhe o Benfeitor Celeste: Eu irei curá-lo!

8 - Respondeu o centurião: Senhor, eu não sou digno de que entres em minha casa. Dizei uma só palavra e meu servo será curado.

9 - Pois eu também sou um homem sujeito a autoridade e tenho soldados às minhas ordens. Eu digo a um: Vai, e ele vai; a outro: Vem, e ele vem; e a meu servo digo: Faze isto, e ele o faz.

10 - Ouvindo isto, cheio de admiração, disse o Taumaturgo Celeste aos presentes: Em verdade, em verdade Eu vos afirmo: que nem mesmo em Israel achei tamanha fé como esta.

11 - Por isso, Eu vos declaro que muitos virão do Oriente e do Ocidente e se assentarão à mesa com Abraão, Isaque e Jacó,

12 - enquanto os filhos do Reino serão lançados nas trevas exteriores, onde haverá choro e ranger de dentes.

13 - Depois, dirigindo-se ao centurião romano, disse Jesus: Vai e seja feito conforme a tua fé! E, naquela mesma hora o servo do centurião ficou curado.

 

Sob esta mesma inspiração e mecanismo divino, a Religião de Deus, do Cristo e do Espírito Santo mantém em suas Igrejas Ecumênicas e no Templo da Boa Vontade, em Brasília/DF, o Livro de Atendimento Espiritual à Distância, à disposição de todos, com a finalidade de atender as pessoas que buscam a cura das enfermidades do corpo e da Alma, por meio do exercício da Fé Realizante.

Nele são registrados os pedidos para que os Irmãos Socorristas do Mundo da Verdade possam utilizar dos benefícios da Medicina Espiritual, amparando e confortando os corações que necessitam, com as Bênçãos de Jesus, o Grande Médico da Humanidade.

Há situações em que os desafios de saúde² parecem não apontar resolução. Todavia, todos podem recorrer à Medicina Celeste, pois o Cristo afirmou em Seu Evangelho, segundo Mateus, 9:23: “Tudo é possível àquele que crê”. A Bíblia Sagrada está repleta de exemplos daqueles que procuraram o Excelso Benfeitor, apresentaram sua Fé Realizante e obtiveram respostas às suas súplicas. Da mesma forma todos podem fazê-lo ainda hoje.

A Religião de Deus, do Cristo e do Espírito Santo ensina que vivemos em constante conexão com o Mundo Espiritual, uma vez que é essa a nossa pátria de origem, porquanto “Estamos corpo, mas somos Espírito”, como nos ensina o presidente-pregador da Religião do Terceiro Milênio, José de Paiva Netto. Existem, portanto, as Falanges Divinas, as Almas Benditas, os Espíritos da Luz Celeste, os Anjos da Guarda, que atuam a serviço de Jesus e que desejam nos ajudar. Basta que recorramos a esta proteção bendita, por meio da Prece e da prática das Boas Obras.

Se você deseja inscrever um nome no Livro de Atendimento Espiritual a Distância, buscando o favor Divino por quem você ama, procure a Igreja Ecumênica mais próxima de você.

 

História

O Livro de Atendimento Espiritual a Distância foi criado em 1992 quando o Irmão Paiva Netto deu início aos trabalhos práticos do CEU, Centro Espiritual Universalista da Religião do Terceiro Milênio. Essa medida de amparo aos que mais sofrem atendeu a um pedido do Dr. Bezerra de Menezes (Espírito), Coordenador, no Mundo da Verdade¹ da equipe do CEU. 

__________
1. A Religião do Terceiro Milênio ensina que a ligação com o Mundo Espiritual é compulsória. Por essa razão, propõe a União Consciente das Duas Humanidades. Saiba mais no livro Diretrizes Espirituais da Religião de Deus, do Cristo e do Espírito Santo, volume II, no capítulo “Quanto à Abrangência do TBV”.

2. Em nenhum momento a Religião Divina aconselha o abandono do tratamento médico convencional ou a deixarem de procurá-lo em virtude de alguma doença. Deus, nosso Pai de Poder e Bondade, utiliza-se da medicina material para curar ou abrandar uma enfermidade, conforme os conceitos científicos existentes, que se aperfeiçoam com o passar do tempo, inspirados pelo próprio Criador da ciência: Deus.